17 Idéias para você Salvar o Mundo



1. Informe-se

Acompanhe as notícias sobre o meio ambiente, atualize-se, estude a fundo os aspectos que mais lhe interessam.

2. Aja localmente

Pense a respeito de como colaborar na família, na vizinhança, na escola dos filhos e na comunidade. Participe mais de tudo e difunda suas idéias sobre um mundo melhor.

3. Pense localmente

Estabeleça vínculo entre temas locais e globais. Apesar de magnitudes diferentes, os dois universos se correlacionam.

4. Some

Antes de pensar em formar uma organização não-governamental, procure ema parecida na qual você possa se engajar.

5. Otimismo é fundamental

Envolva-se de maneira criativa e divertida. Se quer atrair outras pessoas, pense em discursos e eventos positivos.

6. Seja efetivo

Envolva-se, torne-se ativo, mas não duplique suas obrigações. Trabalhe para ampliar sua efetividade.

7. Crie notícia

Identifique temas que possam interessar a muitas pessoas. Então, escreva para jornais, revistas, redes de rádio e TV.

8. Planeje sua família

Se a população da Terra, em 2050, ficará em 7,9 ou 10,9 bilhões de pessoas, conforme projeta a ONU, a diferença será de um filho por casal.

9. Não polua

Não jogue pilhas e baterias de celular no lixo comum. Mantenha bacias hidrográficas, rios, represas e lagoas livres de lixo ou qualquer tipo de resíduo. Lembre-se: o cano que sai da sua casa provavelmente deságua num rio, numa lagoa ou no mar.

10. Preserve a biodiversidade

Espécies animais e vegetais merecem respeito. Plante árvores: elas produzem oxigênio e são abrigos para aves.

11. Seja coerente

Economize energia, água, prefira equipamentos que não prejudiquem a camada de ozônio, reutilize materiais, recicle o lixo caseiro, use menos o carro, ande mais a pé, evite produtos de origem animal.

12. Passe a sua vida a limpo

Reveja seu estilo de vida. Pense num padrão condizente com o mundo sustentável.

13. Boicote

Engaje-se em movimentos de boicote a produtos que não respeitam o meio ambiente. Aliás, nem espere por moviemntos: faça isso sempre que cair a ficha.

14. Eleja e cobre

Fiscalize o trabalho e a postura dos deputados e senadores ligados à sua comunidade ou cidade. Escreva para eles fazendo sugestões ou cobranças.

15. Separe o joio

Nunca na história tivemos acesso a tanta informação - e também a tantas opiniões diferentes. Faça a coisa certa.

16. Ensine as crianças

Preparar as novas gerações à luz de princípios ecológicos é a garantia de um mundo mais redondo daqui para frente.

17. Acredite no futuro

Estimule idéias inovadoras, invista em grupos não-governamentais, renove sua crença de que tudo vai dar certo. Quanto mais pessoas acreditarem na paz, mas ela será possível.


Fonte: Super Especial - Como Salvar a Terra/junho 2001

http://www.ambientebrasil.com.br/composer.php3?base=./educacao/index.php3&conteudo=./educacao/textos/salvar.html

 

A NATUREZA E O AQUECIMENTO GLOBAL

09.jun.2008

Em foto do dia 8 de maio liberada nesta segunda-feira, 09, tempestade se forma sobre a cidade de Oconomowoc, no Estado de Wisconsin, nos EUA; local foi um dos atingidos por tempestades e inundações que deixaram ao menos oito mortos e desabrigaram centenas de pessoas

http://noticias.uol.com.br/album/080609_album.jhtm

 

ZONAS COSTEIRAS  -  

FUTUROS EFEITOS DO

AQUECIMENTO GLOBAL

Greenpeace

Em livro publicado pelo Greenpeace, fotomontagem mostra, à esquerda, a costa de Murcia, na Espanha, e à direita, projeção de como ela ficará em três décadas se não houver ações contra o aquecimento global.

http://noticias.uol.com.br/album/080613_album.jhtm?abrefoto=17

 

5 DE JUNHO

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE E DA ECOLOGIA

 

 

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado em 5 de junho. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. Por meio do decreto 86.028, de 27 de maio de 1981, o governo brasileiro também decretou no território nacional a Semana Nacional do Meio Ambiente.

Hoje é o Dia Mundial do Meio Ambiente. Não há data melhor para começar aquilo que o resto das espécies vivas esperam que façamos. Afinal, o que não fazer, já sabemos desde há muito. Vamos começar! O mundo será, com certeza, melhor.

A IMPORTÂNCIA DE TODOS E TUDO NO ECOSSISTEMA

A esposa de um fazendeiro detestava cobras. Um dia, suplicou ao marido que desse um fim às peçonhentas. O homem, não querendo contrariá-la, prontamente determinou o extermínio de todo e qualquer vestígio de ofídios na fazenda. O que foi feito.

A colheita seguinte não rendeu um décimo da anterior. Em sonho, desesperado, suplicou a Deus que o perdoasse. Imaginava que aquela miséria de safra era castigo divino por ter dado fim aos animais. Também em sonho, o Criador lhe respondia:
- “Não o castiguei, nem perdoei. Apenas, deixei que a natureza seguisse seu curso”.

Ora, o curso natural é simples: cobras engolem sapos. Sem elas, os sapos aumentam em número. E, sapos engolem insetos. Assim, quanto mais sapos, menos insetos. Diversos insetos são polinizadores e, sem eles, há plantas que não se reproduzem.

Moral da história: menos cobra, menos safra! Assim funciona o mundo natural. Entretanto, a humanidade não pensa dessa forma. Primeiro, acredita que a natureza é infinita, com recursos inesgotáveis. Segundo, imagina que existem espécies úteis e outras completamente inúteis. Terceiro, conclui que, entre as espécies úteis, os humanos são mais úteis que as outras.

Saiba mais em:http://www.velhosamigos.com.br/DatasEspeciais/diameioambiente.html

 

 

Dia Mundial da Terra

22 de Abril

 

Sabe-se que a Terra tem em torno de 4,5 bilhões de anos e existem várias teorias para o “nascimento” do planeta. A Terra é o terceiro planeta do Sistema Solar, tendo a Lua como seu único satélite natural. A Terra tem 510,3 milhões de km2 de área total, sendo que aproximadamente 97% é composto por água (1,59 bilhões de km3). A quantidade de água salgada é 30 vezes a de água doce, e 50% da água doce do planeta está situada no subsolo.

A atmosfera terrestre vai até cerca de 1.000 km de altura, sendo composta basicamente de nitrogênio, oxigênio, argônio e outros gases.

Há 400 milhões de anos a Pangéia reunia todas as terras num único continente. Com o movimento lento das placas tectônicas (blocos em que a crosta terrestre está dividida), 225 milhões de anos atrás a Pangéia partiu-se no sentido leste-oeste, formando a Laurásia ao norte e Godwana ao sul e somente há 60 milhões de anos a Terra assumiu a conformação e posição atual dos continentes.

O relevo da Terra é influenciado pela ação de vários agentes (vulcanismo), abalos sísmicos, ventos, chuvas, marés, ação do homem) que são responsáveis pela sua formação, desgaste e modelagem. O ponto mais alto da Terra é o Everest no Nepal/ China com aproximadamente 8.848 metros acima do nível do mar. A Terra já passou por pelo menos 3 grandes períodos glaciais e outros pequenos.

A reconstituição da vida na Terra foi conseguida através de fósseis, os mais antigos que conhecemos datam de 3,5 bilhões de anos e constituem em diversos tipos de pequenas células, relativamente simples. As primeiras etapas da evolução da vida ocorreram em uma atmosfera anaeróbia (sem oxigênio).

As teorias da origem da vida na Terra, são muitas, mas algumas evidências não podem ser esquecidas. As moléculas primitivas, encontradas na atmosfera, compõe aproximadamente 98% da matéria encontrada nos organismos de hoje. O gás oxigênio só foi formado depois que os organismos fotossintetizantes começaram suas atividades. As moléculas primitivas se agregam para formar moléculas mais complexas.

A evidência disso é que as mitocôndrias celulares possuam DNA próprio. Cada estrutura era capaz de se satisfazer suas necessidades energéticas, utilizando compostos disponíveis. Com este aumento de complexidade, elas adquiriram capacidade de crescer, de se reproduzir e de passar suas características para as gerações subseqüentes.

A população humana atual da Terra é de aproximadamente 6 bilhões de pessoas e a expectativa de vida é em média de 65 anos.

Para mantermos o equlíbrio do planeta é preciso consciência dessa importância, a começar pelas crianças. Não se pode acabar com os recursos naturais, essenciais para a vida humana, pois não haverá como repô-los.

 

SITE:http://www.ambientebrasil.com.br/composer.php3?base=./educacao/index.php3&conteudo=./educacao/artigos/diadaterra.html

 

18 DE ABRIL

DIA NACIONAL DO LIVRO INFANTIL

MONTEIRO LOBATO

 

 

"Um país se faz com homens e livros"

Monteiro Lobato

 

 SITE: http://www.velhosamigos.com.br/datasespeciais/dialivro.html

 

13 DE ABRIL - DIA DO JOVEM

 

Quando o jovem passa a ser tema de estudos ou conferências, é muito comum associá-lo a problemas. O uso de drogas, doenças sexualmente transmissíveis, álcool, fumo, violência, desemprego, entre outros, são abordagens bastante comuns que se oferecem à sociedade. Enfim, a sociedade preocupa-se, em certa medida, com os problemas da juventude e não com as soluções que se pode encontrar nela.

Os jovens são aproximadamente um terço da população do planeta. É óbvio que estes jovens que estamos formando hoje serão o futuro de nossa nação, e a solução para os problemas do mundo. Hoje eles estão enfrentando uma fase de travessia entre a infância e a idade adulta, entre o mundo da educação e o mundo do trabalho. Amanhã, estarão ocupando as cadeiras do governo, a direção das corporações, o mercado de trabalho.

Em vista disso, se faz necessária ao jovem uma formação moral e intelectual que reflita os verdadeiros problemas da vida em sociedade, do exercício da cidadania e que, principalmente, o ajude a encontrar um sentido para a vida.
A educação tradicional tem como principal objetivo a formação integral do educando. Porém, dá uma maior ênfase à sua qualificação para o trabalho.

Esse movimento juvenil pode ajudar a juventude em dois aspectos de suas vidas: no desenvolvimento pessoal, onde o jovem "aprende a ser", e na capacitação para o trabalho. "Aprendendo a ser", o jovem desenvolve o senso de identidade e auto-estima. Passa a ter maior consciência de seu papel no mundo e a ter mais confiança no futuro e em suas potencialidades.

A capacitação para o trabalho não envolve o conhecimento técnico e sim o desenvolvimento de habilidades no relacionamento com as pessoas. O jovem aprende a lidar melhor com suas potencialidades e limitações, ou seja, aprende a "autogestão", e a integrar-se com o trabalho dos outros, agindo conjuntamente na busca de objetivos comuns.

A juventude é uma fase de experimentação onde valores e convenções estão em jogo. Todo jovem tem o ideal da autonomia, ou seja, ser reconhecido como alguém cuja voz e opinião pode, definitivamente, ajudar a mudar o estado das coisas.

Ao estimular esta autonomia intelectual e a participação nos principais problemas de sua comunidade, estaremos formando pessoas capazes de agir e influenciar na vida política, social e cultural de um país, de um estado ou da região. Estaremos enfim, formando cidadãos mais conscientes e preparados na busca de um futuro melhor para todos.

SITE: http://www.trabalhonota10.com/datas-comemorativas/04-abril/13-dia-dos-jovens.html

 

Derretimento na Antártida

Foto de satélite mostra a plataforma de Wilkins, na Antártida, um bloco de 400 km² que se desintegrou na água e é mais uma evidência do aquecimento global, afirmaram cientistas.

 

 

Conservação da Água no Brasil

Água: Saber Utilizá-la, hoje, para não Faltar, amanhã.

Com a maior reserva de água doce do planeta, o Brasil desperdiça água em níveis alarmantes, joga 80% dos seus resíduos em mares e rios e apenas metade da população brasileira tem acesso ao saneamento básico.

A situação do país, que possui 12% da água doce existente no mundo, entrou novamente em debate por ocasião do Dia Mundial da Água - lembrado hoje, 22 de março, que este ano tem como foco questões relativas ao saneamento, principalmente nos países em desenvolvimento.

De todo o volume existente no mundo, segundo diversos organismos internacionais, apenas 2,5% são de água doce.

No caso do Brasil, a metade de suas reservas está nos rios amazônicos que, apesar de passarem por regiões com a menor taxa de população por quilômetro quadrado do país, não estão livres de ameaças.

A poluição dos rios da Amazônia preocupa os ambientalistas que culpam, em grande parte, a atividade de mineradores ilegais que jogam nos rios o mercúrio utilizado para a garimpagem de ouro.

Estudos da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), formada por Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Suriname, Peru e Venezuela, dizem que a mineração ilegal utiliza entre um e três quilos de mercúrio para cada quilo de ouro extraído.

A OTCA calcula que, nos últimos 50 anos, foram despejadas cerca de 1.300 toneladas de mercúrio no Rio Amazonas e em seus afluentes.

O desastre, que para muitos ambientalistas começou nos anos 40, levou muitas espécies de peixes para a lista de animais em extinção.

Nas regiões mais ricas do país, como São Paulo e Rio de Janeiro, a fonte de poluição vem principalmente da falta de tratamento do esgoto e do insuficiente sistema de saneamento básico.

Segundo a Associação Brasileira de Entidades do Meio Ambiente (Abema), 80% dos resíduos industriais e mesma porcentagem de esgoto residencial que conta com redes de saneamento acabam no mar ou em rios, lagoas e mananciais.

Um recente relatório da organização H2C, que trabalha com a elaboração de estratégias para um uso mais racional da água, estabeleceu que cada brasileiro gasta, em média, cinco vezes mais água do que realmente precisa.

Enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que cada pessoa utilize 40 litros de água por dia, no Brasil, esse consumo é de 200 litros por pessoa, disse o relatório da H2C
.

SITE: http://www.ana.gov.br/aguasdemarco/noticiasExibe.asp?ID_Noticia=75

 

Dia Mundial da Água

ONU alerta para a falta de saneamento

A cada 20 segundos morre uma criança vítima de más condições de saneamento que afetam cerca de 2,6 bilhões de pessoas no mundo, segundo dados da ONU (Organização das Nações Unidas) divulgados por ocasião do Dia Mundial da Água, comemorado neste sábado (22).

A data foi foi instituída em 1992, durante a conferência da ONU sobre meio ambiente e desenvolvimento (Eco 92), que aconteceu no Rio de Janeiro.

Neste ano, coincide com o Ano Internacional do Saneamento, estabelecido pela organização para lançar um alerta sobre a falta do recurso que ainda atinge populações ao redor do planeta.

Em comunicado divulgado no site dedicado ao Dia Mundial da Água, o secretário-geral das ONU, Ban Ki-moon, destacou a importância de adotar medidas em relação a uma crise que afeta mais de uma em cada três pessoas no mundo.

"Péssimas condições de saneamento combinadas com a falta de água potável e de condições de higiene contribuem para as terríveis taxas de mortes associadas ao problema", afirma o secretário.

Na mensagem, Ban lembrou que por ano, 1,5 milhão de crianças morrem devido a algo que "perfeitamente poderia ser prevenido".

SITE: http://www.ana.gov.br/aguasdemarco/noticiasExibe.asp?ID_Noticia=76

 

Planeta Terra

2008: Ano Internacional do Planeta Terra

Planeta Terra

Imagem aérea (espacial) do Planeta Terra

 

Em 2008, com o "Ano Internacional do Planeta Terra: Ciências da Terra para a Sociedade", a UNESCO deseja estimular crianças e adolescentes a falarem sobre o grande potencial das Ciências da Terra na construção de uma sociedade mais segura, saudável, solidária e sustentada. Através dos projetos resultantes, o objetivo é encorajar a sociedade a utilizar esse potencial de maneira mais eficiente em seu próprio benefício, objetivando o desenvolvimento sustentável. Os dez temas abrangentes, multidisciplinares e relevantes do ponto de vista social propostos pelos cientistas são:

 

1. água subterrânea (prevenção para um mundo cada vez mais sequioso);

2. desastres naturais (mitigação e prevenção);

3. Terra e saúde (geomedicina);

4. clima (efeitos naturais e influência humana);

5. recursos naturais e energia;

6. megacidades;

7. núcleo e crosta terrestres;

8. oceanos;

9. solos;

10. Terra e vida (as origens da vida e do homem para a compreensão do futuro).

 

O Programa Científico deverá, ainda, ser baseado em geociências, ter âmbito global, apresentar uma abordagem holística e multidisciplinar, ter forte impacto humano, ter potencial para atingir os países em desenvolvimento, ser amplamente divulgado e impulsionar o desenvolvimento das geociências como um todo.

 

Alguns dados importantes sobre o Planeta Terra

- Diâmetro equatorial: 12.756,27249 km

- Inclinação axial: 23,45°

- Composição em massa: 34,6% de Ferro; 29,5% de Oxigênio; 15,2% de Silício; 12,7% de Magnésio; 2,4% de Níquel; 1,9% de Enxofre; 0,05% de Titânio.

- Período de rotação: 23h 56m e 4,09966s (sideral).

- Área total da Terra: aproximadamente 510 milhões de quilômetros quadrados
- 361 milhões de km2 de
água
- 149 milhões de km2 de terra.

- Atmosfera: 78 % de Nitrogênio, 21% de Oxigênio e 1% de Argônio. Encontram-se também vestígios de água e dióxido de carbono.

- Temperatura no interior do Planeta: aproximadamente 5000° C.

- Temperatura na superfície: mínima de  –88° C, média de 9° C e máxima de 60° C.

- Satélite natural da Terra: Lua

http://www.suapesquisa.com/geografia/planeta_terra.htm

www.verbeat.org

 

2008 - Ano Internacional dos Recifes de Corais

 

Os recifes de corais vêm sofrendo muito em tempos de mudanças climáticas. Nada mais justo, então, que em 2008 dediquemos uma parcela de nosso tempo a falar deles e que esse seja enfim o Ano Internacional dos Recifes de Corais - decretado pela Iniciativa Internacional de Conservação dos Recifes de Corais (ICRI).

Discutir e agir pelos recifes de corais do mundo para que eles ainda existam no futuro é mais que uma alternativa: é uma necessidade, principalmente perante previsões bastante desalentadoras...

www.verbeat.org

 

2008 - Ano Internacional dos Idiomas

 

 

No dia 16 de maio de 2007, a Assembléia Geral das Nações Unidas proclamou 2008 como o Ano Internacional das Línguas. Como as questões da língua são centrais para o mandato da UNESCO em educação, ciências naturais, ciências sociais e humanas, cultura e comunicação e informação, a Organização foi nomeada como agência líder para este evento.

Para celebrar o Ano Internacional dos Idiomas, a UNESCO convida os governos, as agências das Nações Unidas, organizações da sociedade civil, instituições educacionais, associações profissionais e todos os atores envolvidos nesta área para intensificar suas atividades na promoção e proteção de todas as línguas do mundo, particularmente as línguas em perigo de extinção, em todos os concursos individuais e coletivos.

Em Foco - Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento

 

 

A diversidade cultural apresenta um duplo desafio: assegurar a co-existência harmoniosa entre indivíduos e grupos de culturas diferentes enquanto defende a criatividade por meio de inúmeras expressões culturas de todos os países, estas denominadas como "criação contemporânea" e "patrimônio cultural". O patrimônio cultural é subdivido em "patrimônio tangível" e "intangível".

www.unesco.org.br

 

 

 

FELIZ 2008 SUSTENTÁVEL!

 

 

     

Feliz Ano Novo!!!


Mais um ano se vai, e um outro ano,
Anuncia-se, e mantemos a esperança,
Que ele venha repleto de bonança,
Sem agrura, sem dor, sem desengano,
Livre do mal, do vil e do profano,
Pleno de luz, de paz, e de calor,
E nele, homens cheios de amor,
Pratiquem a santa solidariedade,
Erradicando da humanidade,
A miséria, a guerra, a fome, a dor.

Que traga ele, ao seu primeiro albor,
A luminescente e clara luz divina,
Que purifica o homem, e o ilumina,
E que chegue tirando do torpor
As velhas mentes cheias de bolor
Que detém o poder que nos controla,
Disseminado o mal que nos assola,
Em todas as suas formas conhecidas,
Guerras saqueadoras e fratricidas,
Enquanto a terra se deteriora.

E que ao novo dia, após a aurora,
Suba ao céu um sol novo e vigoroso,
Cujos raios destruam o belicoso
Espírito do mal que impera agora.
E sucessivamente, hora após hora,
Na subida ao zênite vá queimando
Os males que viemos acumulando
Sobre nós, insensatos, imprudentes,
Para que possamos finalmente
Repararmos o passado tão nefando.

http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=7024&cat=Cordel&vinda=S

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, CACAPAVA, VILA ANTONIO AUGUSTO LUIZ, Mulher, Portuguese, English, Livros, Música
Visitante número: